quarta-feira, 1 de julho de 2009

Poema

Não vou mentir: esta camiseta deu trabalho. Mas ficou legal!
Imprimi o poema com letra manuscrita e passei para a camiseta com o papel carbono. Depois, só no pincel "zero" por cima. O poema? É este aqui:
Poética - Vinicius de Moraes
De manhã escureço
De dia tardo
De tarde anoiteço
De noite ardo.
A oeste a morte
Contra quem vivo
Do sul cativo
O este é meu norte.
Outros que contem
Passo por passo:
Eu morro ontem
Nasço amanhã
Ando onde há espaço:
-Meu tempo é quando.

Bjs. Mary

2 comentários:

É muito bom receber você!
Muito Obrigada, pelo carinho e atenção!
Volte sempre, a casa é sua!
Abraços e beijos...
Iris & Mary